Clipping do Setor

Ministro do Turismo apresenta nova campanha publicitária da Região Sul para lideranças do mercado

[Mtur, 25/08/2017]

Quando se fala em sucesso no empreendedorismo nacional, Beto Carrero é uma lembrança recorrente. O artista e empresário, falecido em 2008, foi o responsável pela criação do maior parque temático da América Latina. Localizado no município de Penha (SC), o empreendimento com 25 anos atingiu a marca de dois milhões de visitantes, somente em 2016, e emprega 2,2 mil pessoas.

Para debater a importância deste segmento para o turismo brasileiro, o ministro Marx Beltrão participou, nesta sexta-feira (25), do 6º Meeting Beto Carrero World. “Os parques temáticos movimentam muito a economia e geram milhares de empregos. Dos dez melhores parques da América do Sul, nove estão no Brasil. Isso mostra que o país tem potencial para avançar nesta área”, ressaltou Marx Beltrão.

Em 2017, o Beto Carrero World foi eleito pelo quarto ano consecutivo o melhor parque temático da América Latina pelo público do Tripadvisor Travelers Choice e o sétimo melhor do mundo. O gerente do empreendimento, Rogério Siqueira, destacou o esforço para manter o alto padrão do local, que também coleciona outros prêmios. “A nossa equipe trabalha diariamente neste sonho do Beto. Nós criamos várias ações e serviços para entregar e manter esse sonho. Nós fomos o lugar mais comentado no Facebook do Brasil em 2015 e o 11º do mundo”, disse.

Para que o setor se fortaleça ainda mais, o ministro do Turismo defende a isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para o setor, pois a maioria dos brinquedos e equipamentos são fabricados no exterior. “Os parques brasileiros pagam quase duas vezes e meia mais impostos do que outros países. Nós queremos que o nosso mercado seja mais competitivo, até porque os parques precisam estar sempre se renovando para serem atrativos”, comentou Marx Beltrão.

Estudo elaborado pelo Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat) mostra que, se o governo atender às demandas do setor, o segmento poderá investir R$ 1,9 bilhão e gerar de 56 mil empregos nos próximos cinco anos. Atualmente, os 18 estabelecimentos associados ao Sindepat geram 11 mil empregos diretos e movimentam cerca de R$1 bilhão na economia por ano.

O presidente do Sindepat, Alain Baldacci, destacou a importância do setor para alavancar outros segmentos turísticos. “Os parques são âncoras do turismo moderno, porque são voltados para turistas de todas as faixas etárias e que movimentam muitos setores da cadeia econômica”, avaliou.

CAMPANHA PUBLICITÁRIA – O ministro Marx Beltrão aproveitou a ocasião para apresentar ao setor a campanha de promoção da região Sul, que começou a ser veiculada nesta sexta-feira (25). Com o slogan “Sul. Não dá para contar, tem que conhecer”, a campanha quer atingir jovens, casais, famílias e o turista de negócios.

Serão quatro fases: a primeira com um personagem de grande apelo nacional; a segunda com youtubers que falam para públicos específicos; a terceira, no Twitter, com celebridades nascidas no Sul. O cantor paranaense Michel Teló, a apresentadora gaúcha Renata Fan e a modelo catarinense Mariana Weickert vão interagir pelas redes promovendo seus estados de origem. Na última etapa, alguns dos mais importantes blogueiros de viagem do Brasil vão divulgar os destinos do Sul nos seus canais.

A campanha segue até o dia 23 de setembro com foco nas cidades de Recife, Salvador, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo, responsáveis pela emissão de 70% dos turistas brasileiros.

Tags: , , , , , ,

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário em nosso site

Nota: Os comentários postados ficam aguardando moderação. Não é necessário reenviar seu comentário.