Ana Cláudia Bitencourt ministra palestra em seminário técnico



Foi realizado no dia 16 de dezembro, no Estado do Pará, o Seminário Técnico sobre “Centro de Convenções e o Mercado de Eventos”. O seminário fez parte das atividades alusivas a inauguração do Carajás Centro de Convenções.

A presidente da Associação Brasileira de Empresas de Eventos (ABEOC Brasil), Ana Cláudia Bitencourt ministrou o Painel 3, e trouxe um debate sobre o tema: “Eventos: Uma Indústria do Futuro”.

Entrega para a população

Em meio a uma celebração multicultural, que reuniu danças indígenas, show com cantores regionais e espetáculos de dança, o Carajás Centro de Convenções, em Marabá, sudeste do Estado, foi oficialmente inaugurado no dia 15 de dezembro. Um dos maiores e mais modernos espaços do tipo no Brasil, o complexo abre para as regiões Carajás e Araguaia um leque de oportunidades dentro do turismo de eventos e negócios, como parte da política de integração do governo. A abertura reuniu grande número de pessoas, além de autoridades, empresários e políticos da região.

Na ocasião, o governador e secretários de Estado inauguraram o Centro Regional de Governo, que funciona nas dependências do Centro de Convenções. O objetivo é promover a governança compartilhada e aproximar a administração estadual das prefeituras dos 27 municípios que compõem as regiões Carajás e Araguaia. “É um braço do governo próximo de vocês que vem para ampliar o diálogo com os diversos segmentos da sociedade e elaborar políticas públicas que atendam diretamente as necessidades da população”, afirmou a secretária extraordinária de Municípios Sustentáveis, Izabela Jatene.

Prestando homenagem ao empresário Leonildo Borges Rocha, fundador das lojas Leolar, o Carajás Centro de Convenções surge para fortalecer a integração da região e promover o desenvolvimento a partir do turismo de negócios e eventos. “É preciso que a sociedade se apodere deste novo espaço, que a classe empresarial veja nele um local para promover a cultura e os negócios que geram emprego e renda”, defendeu o secretário de Estado de Turismo, Adenauer Góes.

Para Jatene, a construção do novo Carajás Centro de Convenções – obra que representa um investimento de R$ 31 milhões – foi um grande desafio, mas o maior será mantê-lo. “Este aqui é o ponto de partida de um processo que vai envolver as esferas pública e privada em torno do projeto de desenvolvimento a partir de um segmento que só cresce no Brasil e no mundo, que é o turismo de eventos e negócios. Este espaço tem envergadura para atrair eventos nacionais e internacionais e colocar Marabá e região na vitrine do mundo”, destacou o governador, que, após a inauguração, visitou as dependências do complexo.

O prefeito de Marabá, Tião Miranda (PTB), lembrou que o Centro de Convenções foi um sonho que começou a ser realizado quando ele foi deputado estadual. Hoje como gestor municipal, ele reconhece a conquista para toda a região. “Marabá ganha um espaço como poucos no Brasil. Isso mostra a visão estratégica de desenvolvimento do Estado, que, ao construir esse centro, nos coloca na rota internacional de eventos dos mais variados tipos – culturais, profissionais ou de negócios”, asseverou.

Para comemorar a inauguração do Carajás Centro de Convenções, subiram ao palco da grande arena do complexo (que tem capacidade para 10 mil pessoas) os cantores Joelma, Liah Soares, Lia Sophia, Nenzinha do Calypso e Pinduca. O quinteto de artistas regionais animou o público que lotou o espaço para cantar e dançar ao som de clássicos da música paraense. “Sou da região e posso dizer que estou com muito orgulho desse lugar. É uma felicidade ver que o governo do Estado investe tanto na nossa cultura e na economia por meio da promoção dos mais variados tipos de evento”, disse Liah Soares.

Multiuso

Localizado na Rodovia Transamazônica, à Folha 30, na Nova Marabá, o Carajás Centro de Convenções tem 13 mil metros quadrados de área construída em um terreno de mais de 33 mil metros quadrados, abrigando quatro grandes blocos modulados. Um deles é destinado exclusivamente a feiras, grandes shows e convenções, com 4,8 mil metros quadrados e capacidade para abrigar mais de dez mil pessoas, com palco fixo de 200 metros quadrados, dois camarins, copa, banheiros e toda a estrutura e segurança necessárias para receber grandes eventos.

O segundo bloco, com andar superior e térreo, abriga ambientes climatizados como área administrativa, praça de alimentação, restaurante e lanchonete. O terceiro prédio contempla um teatro com mil lugares e uma sala multiuso de mil metros quadrados com capacidade para 400 pessoas e que pode ser subdividida em dez espaços menores, com 40 poltronas cada.

No quarto espaço há um auditório com capacidade para 520 pessoas. Adaptável, ele pode ser dividido em cinco células de 104 lugares cada, com divisórias removíveis, isolamento acústico, além de palco, área de circulação e amplo estacionamento. Os investimentos na obra chegam a R$ 31 milhões.

Tags: , ,

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário em nosso site

Nota: Os comentários postados ficam aguardando moderação. Não é necessário reenviar seu comentário.