Clipping do Setor

Nove iniciativas brasileiras de turismo sustentável são reconhecidas pelo Prêmio Braztoa 2018/2019

O Hotel SESC Porto Cercado, de Poconé (MT), recebeu na última sexta-feira (26) em Ilhabela (SP) o troféu TOP Sustentabilidade, mais alta distinção concedida pelo Prêmio Braztoa de Sustentabilidade 2018/2019. Além do meio de hospedagem mato-grossense, outros oito projetos com melhor pontuação do certame também foram reconhecidos nas categorias Associados Braztoa, Agências de Viagem, Meios de Hospedagem & Resorts, Parceiros do Turismo e Projetos Inovadores, além de três Menções Honrosas. Os 18 finalistas foram selecionados entre 75 iniciativas cadastradas de um total de 143 inscritas.

Desde 2012, a Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa) premia ideias e ações que desenvolvam o turismo de forma sustentável por meio da gestão de práticas ambientais, socioculturais e econômicas integradas às estratégias de empresas e que impactem o turismo nacional. O concurso é realizado com o apoio do Ministério do Turismo.

“O sentimento é de muito orgulho por este trabalho que a gente desenvolve há mais de 20 anos. Nosso projeto tem sustentabilidade social, econômica e ambiental, então fazemos um trabalho que consegue contemplar toda uma cadeia”, comemora Christiane Caetano, superintendente do Sesc Porto Serrado.

O secretário nacional de Qualificação e Promoção do Turismo, Bob Santos, compôs o júri do Prêmio representando o Ministério do Turismo. “Esse troféu nos alinha na visão e no trabalho pela sustentabilidade das atividades turísticas no Brasil. Precisamos ampliar a visibilidade de empresas e demais iniciativas voltadas para o turismo sustentável para que elas sirvam de exemplo para toda a cadeia produtiva do setor”, avaliou o secretário.

Criado em 2012, o Prêmio Braztoa de Sustentabilidade é o primeiro do mundo a ter a chancela da OMT (Organização Mundial do Turismo). A presidente da Braztoa, Magda Nassar, parabenizou os projetos participantes. “As atitudes de responsabilidade, como essas de vocês, têm transformado o mundo de verdade e também o turismo brasileiro”, destacou.

Confira as iniciativas vencedoras do 7ª Prêmio Braztoa 2018/2019:

Categoria Resorts e Prêmio TOP Sustentabilidade: Hotel Sesc Porto Cercado – Educação Ambiental e Ecotécnicas
A primeira usina solar do Pantanal entrou em funcionamento em novembro de 2017 como iniciativa do Hotel Sesc Porto Cercado, em Poconé, no Mato Grosso. Com 1.240 placas, a usina já produz energia para suprir 50% da necessidade do hotel, que há 16 anos aprimora práticas de sustentabilidade em suas instalações. São 142 apartamentos construídos para oferecer ao público o contato com o bioma e a cultura pantaneira.

Categoria Agências de Viagem: Vivejar – um case de turismo responsável
A Vivejar é uma empresa do sistema B, movimento que dissemina o desenvolvimento sustentável e equitativo. Quando fundou a empresa, Marianne Costa tinha o objetivo de oferecer experiências em destinos turísticos em que seus roteiros tivessem impacto no desenvolvimento da economia local e no empoderamento de mulheres, especialmente. Dos três destinos iniciais, hoje a empresa conta com sete destinos em que os protagonistas são as comunidades.

Categoria Associados Braztoa: Beto Carrero World: nasceu um parque, floresce uma floresta
A preservação da natureza era o objetivo principal do empresário João Batista Sérgio Murad, quando adquiriu terrenos em Penha, no litoral catarinense, somando hoje 14 milhões de metros quadrados, em parte deles instalado o Beto Carrero World, um dos mais tradicionais parques temáticos do país. Dessa área, cinco milhões de metros quadrados são intocados, quase o dobro do exigido pela legislação. Trata-se de área de mata atlântica preservada, que fez surgir o conceito de parque com floresta.

Categoria Meios de Hospedagem: Pousadas Vila Kalango e Rancho do Peixe – Sustentabilidade como direcionamento principal do negócio
Preservação do meio ambiente e sustentabilidade foram preocupações dos proprietários da Pousada Vila Kalango desde sua construção, em 1999, em Jericoacoara (CE). A pousada ocupa pouco mais de 30% dos cerca de cinco mil m² do terreno, em desenho que priorizou a vegetação existente, mantendo intactos os coqueiros centenários. Em 2004, quando o Rancho do Peixe foi construído na praia do Preá, a preocupação foi a mesma, observando-se a circulação dos ventos para dispensar o uso de ar-condicionado, além da elevação dos bangalôs do chão, permitindo que os ventos continuassem a correr pela área.

Categoria Parceiros do Turismo: Recanto Rio da Prata – Na pegada da sustentabilidade
Em 1995 a família que administra a Cabeceira do Prata, fazenda de pecuária de corte, criou o Recanto Ecológico Rio da Prata, abrindo suas portas para o turismo sustentável. Para assegurar a visitação turística de modo responsável, em 1999 foi estabelecida, em parte da fazenda, a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN). A gestão tem como prioridade o uso responsável dos recursos naturais e a minimização dos impactos ambientais nas atividades oferecidas, sejam as flutuações e mergulhos nos rios ou na Lagoa Misteriosa, dentro da propriedade, ou as trilhas e visitas a projetos.

Categoria Projetos Inovadores: Anhembi Morumbi – Caminho de Nazinha
O professor Ricardo Frugoli observou que a romaria de cerca de 80 quilômetros entre as cidades de Castanhal e Belém, no Pará, antecedendo o Círio de Nazaré, mobiliza anualmente milhares de romeiros. O projeto “Caminho de Nazinha” visa promover infraestrutura sustentável para o percurso, consolidando-o como um roteiro de turismo religioso. Além da infraestrutura física, com a instalação de latas para coleta seletiva de lixo e demarcação da rota, o projeto tem o objetivo de conscientizar os participantes sobre os impactos ambientais da romaria, educando-os ambientalmente.

Menção Honrosa Nacional Sociocultural: Associação Garupa, Associação das Comunidades Indígenas e Ribeirinhas (ACIR) e Instituto Socioambiental (ISA) – (SP/AM/SP)
A parceria iniciada em 2013 entre a Associação Garupa, a Associação das Comunidades Indígenas e Ribeirinhas (ACIR) e o Instituto Socioambiental (ISA) renderam em 2017 as primeiras expedições para as terras indígenas do Médio Rio Negro I e II, a partir de Santa Isabel do Rio Negro. Além de assegurar a preservação e conservação do território indígena, o projeto valoriza a divisão de trabalho nas comunidades, com rodízio de membros participantes, aumentando as perspectivas para jovens e contribuindo para diminuir a migração para zonas urbanas.

Menção Honrosa Nacional Ambiental: Roraima Adventures – Diretrizes de conservação da trilha ao Monte Roraima
Um dos trekkings mais desejados por aventureiros e amantes da natureza, o Monte Roraima, que tem 80% de sua superfície em território venezuelano, sofre consequências em relação às questões ambientais. Ainda assim, a Roraima Adventures, agência com sede em Boa Vista (RR), conseguiu unir diferentes agentes em três edições de mutirões de limpeza da montanha. A ação de recolhimento de lixo incluiu também o trabalho de conscientização e fiscalização para que novos mutirões não sejam necessários.

Menção Honrosa Internacional: World Animal Protection
ONG que há 50 anos trabalha no mundo todo pela proteção e bem-estar dos animais, ajudando a evitar maus tratos e o sofrimento desnecessário de milhões de animais silvestres, domésticos, de fazenda e em situações de desastres. No trabalho com animais silvestres, há a campanha “Silvestres. Não Entretenimento”, projeto da ONG ligado diretamente ao desenvolvimento do turismo consciente e responsável com fauna silvestre, que trabalha para erradicar o abuso de animais no entretenimento turístico.

APOIO DO MTUR - Em apoio à iniciativa da Braztoa, o Ministério do Turismo produz vídeos dos empreendimentos premiados na categoria Top Sustentabilidade. Clique e assista aos vídeos dos ganhadores dos últimos três anos: Pousada PiuvalCambará Eco Hotel e  Pousada Uacari. O vídeo do Hotel Sesc Porto Cercado será divulgado em breve nas redes sociais e no portal www.turismo.gov.br.

 

Vencedores exibem certificados. Foto: Divulgação Braztoa

 

Fonte: MTur

Notícias mais comentadas

Deixe um comentário em nosso site

Nota: Os comentários postados ficam aguardando moderação. Não é necessário reenviar seu comentário.